ComMídia

Paraíba 21/10/2017 03:04hs

Início » Notícias » Cidades » Cartão de crédito encarece o valor do combustível nos postos em João Pessoa

Cartão de crédito encarece o valor do combustível nos postos em João Pessoa

A nova política de preços da gasolina adotada pela Petrobrás, cujos ajustes podem ser feitos inclusive diariamente, tem feito os consumidores pesquisarem cada vez mais antes de abastecer o veículo. Em João Pessoa, num mesmo posto o valor da gasolina pode variar em até R$ 0,31, dependendo da forma de pagamento, chegando a até R$ 15 de diferença se o consumidor usar o cartão de crédito.

O menor valor para o litro da gasolina comum encontrado pela reportagem foi de R$ 3,089 no Posto Triunfo, que fica no bairro da Torre, para o pagamento no dinheiro. No cartão de crédito, o litro da gasolina comum sobe para R$ 3,39. Na próxima quinta-feira, o Procon-JP deverá divulgar levantamento dos preços de combustível praticados por postos da capital.

O engenheiro José Maria afirmou que sempre procura o menor preço na hora de abastecer o carro. “Além disso, também procuro pagar em dinheiro porque no cartão é muito mais caro”, disse.

O aposentado Zil John, que mora em Lucena, prefere abastecer o carro em João Pessoa. “Vale à pena porque a gasolina sempre está mais em conta. Costumo pesquisar sempre e pagar em dinheiro”.

Quem também é adepta da pesquisa é a enfermeira Noêmia Alves. “Tenho meus postos preferidos e que sempre estão com menor preço. Como abasteço a cada três dias, acabo pesquisando sempre. Às vezes num mesmo bairro, a diferença de preço é gritante, por isso é bom pesquisar”.

Somente neste mês, a gasolina comum e o diesel tiveram os preços alterados cinco vezes, sendo que o último reajuste entrou em vigor ontem. O economista Eduardo Araújo, conselheiro do Conselho Federal de Economia (Cofecon), explicou que a Petrobrás mudou a estratégia de precificação por causa da competição que sofre das refinarias que compram combustível importado. “Alguns postos só alteram o preço do combustível mediante a nota fiscal e não é todo dia que os postos compram gasolina ou diesel. Então, não é todo dia que o preço vai ser alterado nos postos”, comentou.

Dessa forma, o economista sugeriu que o consumidor atente não somente ao preço do litro do combustível, mas também à qualidade do produto vendido nos postos. “É importante verificar a qualidade do combustível porque se está barato demais, o consumidor pode desconfiar. Então, o teste de qualidade pode ser solicitado no próprio posto pelo cliente. Por outro lado, quando se privilegiam os postos com preços menores, acaba sendo um estímulo maior à competição e força os postos a baixarem um pouco o preço”, analisou.

Share
QR Code Business Card